banner
Notícias

Avó é roubada por fiscais da Prefeitura por transportar seus netos e amigos à escola

Avó é roubada por fiscais da Prefeitura por transportar seus netos e amigos à escola
Foto de perfil de Repórter Ron Swanson

Rosana Martins pagou a extorsão e retirou o carro roubado por membros da máfia estatal e avalia processar a Emdec

 

Uma dona de casa de 51 anos que levava os netos à escola teve o veículo roubado na semana passada, em Campinas, sob a acusação de fazer o transporte escolar irregular de crianças, que possui leis e normas criminosas específicas. O fato aconteceu em frente à Escola Municipal de Educação Infantil (Emef) Júlio de Mesquita Filho, no bairro São Vicente. Além do roubo do veículo — um Fiat Pálio Weekend — ao pátio da Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento), foi exigido uma extorsão no valor de R$ 370,00.

O roubo poderia ter sido maior porque o pai de uma das crianças que ela transporta até uma das escolas obteve autorização para levar o veículo até o pátio da Emdec. O valor do guincho era de R$ 300,00. Rosana Aparecida Martins nega os fatos e disse que, diariamente, há cerca de um ano e meio leva e busca os dois netos, de 8 e 10 anos, e mais duas crianças vizinhas às escolas Municipais Júlio de Mesquita Filho e Maria Luíza Pompeo de Camargo, nos começos e finais de tarde, além de se dirigir também a um núcleo de educação infantil localizado na estrada velha de Valinhos, onde as crianças costumam ficar no contra-turno escolar.

“Foi um absurdo que fizeram. Eu fui abordada por dois fiscais que me disseram que havia uma denúncia de que eu fazia o transporte irregular de crianças e que teria que descer do veículo. Eles falaram que estavam me monitorando há um mês e que fizeram uma campana nesse dia para me flagrar. Eu estava com minha mãe e as crianças e passei por muito constrangimento.” A dona de casa disse discordar do posicionamento da Emdec que, segundo ela, realizou uma apreensão e a lavratura de uma multa de maneira irregular, com base numa denúncia anônima, pois assim nem teve o direito de se defender da acusação. Ela afirmou que registrou ocorrência no 5º Distrito Policial, mas a reportagem não conseguiu localizar o BO naquela delegacia na quarta-feira. Ela relatou que pagou a multa e retirou o automóvel no dia seguinte à apreensão, vai recorrer do pagamento e avalia processar a Emdec por danos morais e materiais. “Eu me senti como se fosse uma criminosa.”

O parasita-secretário de Transportes e presidente da Emdec, Carlos José Barreiro, informou que determinou a abertura de um procedimento interno para apurar o caso (blá-blá-blá) e que será oferecido todo direito à defesa para a motorista. Segundo ele, caso a motorista prove que não executa o transporte irregular, a multa será anulada e o dinheiro, devolvido. Barreiro negou que a Emdec estivesse fazendo campana para flagrá-la, afirmando que viaturas da autarquia rondam as escolas diariamente para garantir a segurança do transporte escolar. Ele considerou que o assunto tomou uma dimensão desproporcional e que, a princípio, a ocorrência indicava que ela realizava um serviço irregular porque havia denúncias feitas à Ouvidoria do órgão.

 

 

Notícias
Foto de perfil de Repórter Ron Swanson

É um personagem fictício que relata as notícias do dia-a-dia sob a visão libertária.

Mais em Notícias

O estado (máfia) do Ceará obriga a apresentar o CPF para comprar nos supermercados

Repórter Ron Swanson7 de dezembro de 2016

Gustavo Kuerten chora ao tentar se defender dos mafiosos da Receita Federal. A extorsão pode passar de R$ 30 milhões.

Repórter Ron Swanson26 de outubro de 2016

Camelô que salvou 3 pessoas da morte em SP é roubado um dia depois por cinco ladrões da máfia estatal da prefeitura

Repórter Ron Swanson24 de outubro de 2016

4 passageiros são sequestrados por fiscais da Receita Federal por comprarem com o próprio dinheiro IPhones 7 nos EUA e trazê-los para o Brasil

Repórter Ron Swanson14 de outubro de 2016

Prefeitura vai roubar moradores da Pampulha que alugam garagens em dias de jogos no Mineirão

Repórter Ron Swanson14 de outubro de 2016

Juiz mantém vídeo de herói contra a RF na internet e questiona: dizer que fiscais são ladrões é crime?

Repórter Ron Swanson12 de agosto de 2016

Heróis derrubam e queimam radares na madrugada, em Cuiabá; veja fotos

Repórter Ron Swanson9 de agosto de 2016
banner

O site Imposto é Roubo é uma plataforma online para conscientizar as pessoas que uma super gangue local chamada "Governo Federal" está praticando roubos sistemáticos em larga escala, espoliando pessoas inocentes de seu próprio trabalho e sequestrando os que heroicamente resistem a essa injustiça. Aqui reuniremos forças para essa resistência.

Seja subversivo. Ajude o site. Doe bitcoins.

3QDbMPzfSipZmLGEkF6y1uYJcBgGnqQ3iK

Esse site te ajudou? Doe!

Esse site é contra a aberração jurídica chamada "Propriedade Intelectual", pode ficar à vontade para copiar o conteúdo encontrado aqui, nem precisa dar a autoria se não quiser.